.

.
Facebook: I lettori di Domenico Losurdo

martedì 26 luglio 2011

Una recensione all'edizione brasiliana dello Stalin

Marcos Silva è professore di geografia all` UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), Florianópolis, Brasile.
Questo intervento è stato pubblicato sul sito della Fundação Maurício Grabois (vicina al PCdoB) (http://grabois.org.br/portal/noticia.php?id_sessao=54&id_noticia=6014) e anche sulla "Princípios", rivista teorica del PC do B (http://grabois.org.br/portal/noticia.php?id_sessao=7&id_noticia=6072) (sulla rivista in forma ridotta per motivo di spazio).

Para entender Stalin e o “stalinismo”
Por Marcos Aurélio da Silva
A publicística brasileira, e não só aquela à direita do espectro político, acostumou-se a se referir a Stalin como um dos grandes assassinos da história. A julgar pelo livro de Domenico Losurdo agora publicado entre nós, Stalin: história crítica de uma lenda negra, tradução de Jaime Clasen, Rio de Janeiro: Revan, 2010, 378 págs. (com um ensaio de Luciano Canfora), este ponto de vista está a demandar uma profunda revisão. Isso se se quiser não apenas refletir sobre o uso político a que a figura de Stalin serviu no Ocidente capitalista, mas igualmente atentar para o que de mais atual há na historiografia que se acercou do tema do “stalinismo”...

Nessun commento: