.

.
Facebook: I lettori di Domenico Losurdo

martedì 10 luglio 2012

L'edizione brasiliana della Non violenza

Domenico Losurdo: A não violência, Revan, Rio de Janeiro 2012

"Sabemos sobre as lágrimas e sangue que foram derramados pelos projetos de transformar o mundo através guerra ou revolução. A partir do ensaio publicado em 1921 por Walter Benjamin, a filosofia do século XX está envolvida na "Crítica à violência", mesmo quando esta pretende ser “meio para um fim justo”. Mas o que sabemos dos dilemas, das “traições”, das decepções e das verdadeiras e reais tragédias com que se defrontou o movimento inspirado pelo ideal da não violência?”
A partir dessa pergunta, com a qual abre este livro, Domenico Losurdo relata uma história fascinante: desde organizações cristãs nas primeiras décadas do século XIX que se propõem nos Estados Unidos a combater de forma pacífica os flagelos da escravidão e da guerra até os protagonistas do movimento que por paixão ou por cálculo de Realpolitik agitaram a bandeira da não violência: Thoreau, Tolstoi, Gandhi, M.L. King, Dalai Lama e as inspirações mais recentes de "revoluções coloridas" que interesses imperialistas centrados em Washington promoveram e promovem mundo afora.
Domenico Losurdo, filósofo e historiador cujo nome se destaca no panorama intelectual de nossos dias, no mundo inteiro, é autor de numerosas obras que ajudam ao entendimento dos problemas cardeais da atualidade. Com Não violência, cinco delas já têm tradução publicada pela Revan: Fuga da História? A Revolução Russa e a Revolução Chinesa vistas de hoje;  Antônio Gramsci - Do liberalismo ao “comunismo crítico”; Nietzsche, o rebelde aristocrata; e Stalin, História crítica de uma lenda negra. Em breve, estará também disponível para o público brasileiro A hipocondria do antipolítico -- A crítica de Hegel de ontem e de hoje.
Estes livros podem ser adquiridos diretamente na Editora Revan, telefone (21) 2502-7495, e-mail vendas@revan.com.br ou através do botão de compras.

Nessun commento: